Na Bíblia, o número quatro simboliza o universo material. Os zeros que o seguem significam o tempo de nossa vida na terra, suas provações e dificuldades. Portanto, a duração da Quaresma está baseada no símbolo deste número na Bíblia.


A biblía relata as passagens dos quarenta dias do dilúvio, dos quarenta anos de peregrinação do povo judeu pelo deserto, dos quarenta dias de Moisés e Elias na montanha, dos 400 anos que durou a estada dos judeus no Egito e claro, dos quarenta dias que Jesus passou no deserto antes de começar sua vida pública.

Esses períodos vêm sempre antes de fatos importantes e se relacionam com a necessidade de criar um ensinamento sobre os acontecimento a diante dirigindo o coração para algo que vai acontecer.


A Umbanda segue com seus dogmas e fundamentos únicos, porém alguns conceitos foram adotados e a vida de Jesus é comumente acompanhada pela bíblia toda sua trajetória.

Alguns terreiros fecham suas portas ou cobrem os santos, que em sua maioria são católicos dado pelo sincretismo que segue forte na religião.

Vemos famílias que não consomem carne vermelha na Sexta Feira Santa, guardam o domingo de Páscoa e celebram a vida de Cristo.


A Quaresma pra quem realmente é cristão, que acredita em Jesus Cristo independente da religião, deve respeitar a data como um momento de reflexão. O período é um retiro espiritual onde nos recolhemos em oração e introspecção.


Nós umbandistas sabemos que o Nazareno não quer que soframos por Ele, mas sim que possamos por em prática suas lições de amor, fé, caridade e fraternidade. Virtudes que pregou quando encarnado como alicerces seguros para a evolução da humanidade.


Fazer da Quaresma um tempo favorável de avaliação de nossas opções de vida, para corrigir os erros e aprofundar a vivência da fé, abrindo-nos a Deus e realizando ações concretas de fraternidade, de solidariedade. Não podemos parar, pois o socorro é sempre urgente.
Não somente durante a Quaresma, mas em todos os dias de nossas vida, o cristão deve buscar o Reino de Deus, ou seja, lutar para que exista justiça, a paz e o amor em toda a humanidade.


A Umbanda é a manifestação do espírito para a caridade e caridade é o próprio Cristo em ação.

Compartilhar post
Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp

Mais Posts

Leonardo Molina

Ciganos – Incompreendidos do Oriente

Não se sabe ao certo qual sua origem, por não haver escritos que comprovem sua existência inicial.  Traços de etnia e vestimentas levam a crer que

Leonardo Molina

Conto de um Eremita

Conta-se que um eremita, umas dessas pessoas que se refugiavam na solidão das grutas para se dedicar somente a oração e a penitência, reclamava que tinha

MANDE-NOS UMA MESAGEM